ASSOCIAÇÃO CLÍNICA FRATER

Saúde e Soliariedade
A Associação Clínica Frater, IPSS com fins de Saúde, contou desde sempre com a colaboração de cerca de meia centena de médicos, de cerca de duas dezenas de especialidades médico-cirúrgicas, dos quais cerca de uma dúzia são Chefes de Serviço e a grande maioria dos restantes são Assistentes Graduados, e de numerosos Enfermeiros e Técnicos Superiores de Saúde. Só no Barreiro e apenas para pessoas carenciadas, disponibilizou mais de um milhar e meio de dias de consultas de Medicina Interna e Clínica Geral, sem contar com as consultas de outras especialidades. Mais de trezentas sessões exclusivas de rastreios de tensão arterial, colesterolémia, glicémia e nos últimos anos também de avaliação prostática e de rastreio de lesões potencialmente malignas da pele, a maioria das quais realizadas, “in loco” e de forma rotativa em todas as oito freguesias do Concelho, e ainda outras mais de trezentas sessões, não exclusivas, mas em acumulação com cuidados de enfermagem, o que perfaz dezenas de milhar de exames de rastreio. Cerca de uma centena de sessões-debate públicas, e mais de uma centena de informações impressas sobre diversas patologias, tal como a divulgação de vídeos do mesmo género, distribuídos por todo o Concelho, e períodos de informação administrativa sobre Segurança Social para a população em geral. Informação em saúde nas escolas. Deu milhares de medicamentos. Deu toneladas de roupa e outros bens.

A Associação Clínica Frater, cumprindo em absoluto, os mais elevados critérios de ética e de legalidade, tendo contactado todas, fez os acordos possíveis com as entidades locais convencionadas com o Serviço Nacional de Saúde que o desejaram, que permitem às pessoas apoiadas e aos sócios, pagarem menos em medicamentos e exames complementares de diagnóstico, e em simultâneo também com óculos, aparelhos auditivos e próteses dentárias. Iniciou no Barreiro a recolha em público de livros escolares e material didáctico para entrega gratuita a pessoas carenciadas.

Tudo isto com a maior discrição possível, na sua actividade desde o primeiro trimestre de dois mil e quatro. E onde nunca ninguém pagou um cêntimo e nunca ninguém recebeu, directa ou indirectamente, um único cêntimo. Até hoje também nunca pediu nem recebeu um único cêntimo de qualquer entidade pública. A Associação é, e sempre foi, politicamente apartidária e funcionalmente independente.

Fonte: Sítio da Associação Clínica Frater