Ajuda Alimentar a Carenciados

Anteprojecto de AJUDA ALIMENTAR A CARENCIADOS

Introdução

Constatando que no arranque de algumas acções de solidariedade, por vezes, verificam-se egoísmos e interesses individualistas, que acabam por prejudicar o avanço dos projectos. Nesta iniciativa, não há espaço para a demissão de funções, para o autismo social, para o egoísmo galopante que nos afasta do que realmente é importante: O HOMEM.
Esta nossa posição de liderança, não é mais que o esforço por criar uma nova atitude; não para vaidade pessoal ou só para dar nas vistas.

Devemos sonhar com um mundo mais fraterno, mais justo e humano

Considerando o slogan: “Todos diferentes, todos iguais“, vale a pena trabalhar por sectores da população local mais carenciados e desfavorecidos, de forma a minorar o seu sofrimento e a sua dor.

Deste modo, é urgente que a sociedade, no seu todo, encontre caminhos e soluções para as calamidades da sociedade contemporânea; tendo sempre como prioritário o carenciado e desfavorecido como pessoa, como ser humano.

Consciente de que os problemas sociais não serão resolvidos exclusivamente pela autarquia, é com prazer e orgulho que a paróquia de Santa Cruz promove e apoia iniciativas concretas de intervenção, de modo a beneficiar o maior número de pessoas, e sobretudo as mais carenciadas.
Procuraremos trabalhar sempre com mais qualidade, para que possamos desmentir esta arrepiante constatação: “Quanto mais pobre, menos gente é“.

O anteprojecto que se segue reflecte as nossas preocupações, diante de um dos grandes problemas do nosso tempo: a minimização das desigualdades sociais e económicas (no seio da população da freguesia do Barreiro).

*********** * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * ***********

Anteprojecto de AJUDA ALIMENTAR A CARENCIADOS

A paróquia de Santa Cruz em articulação com a Segurança Social, o Banco Alimentar Contra a Fome e a ? Cáritas Diocesana de Setúbal ?, deverá concretizar enquanto entidade mediadora, o programa de distribuição de ajuda alimentar gratuita a famílias e pessoas carenciadas, na área da freguesia do Barreiro, com base nos acordos.

APRESENTAÇÃO
Unidos pelos Pobres” – é o lema por que vimos pautando a nossa actuação.

DESTINATÁRIOS
As famílias e as pessoas mais carenciadas residentes na freguesia do Barreiro.

Famílias Residentes / Pessoas
1ª. Fase
Número de Pessoas Apoiadas: 43 famílias (8 S/docs – 35 Processadas);
Abrangência Territorial: Bairro das Palmeiras.

2ª. Fase
Número de Pessoas Apoiadas: 71 famílias (17 S/docs – 54 Processadas);
Abrangência Territorial: Restante área da freguesia.

BENEFICIÁRIOS
Os critérios de elegibilidade são definidos pela Segurança Social e são os seguintes:
Famílias / Pessoas
As mais carenciadas por:
– Baixo rendimento do agregado familiar;
– Desemprego prolongado;
– Situações de prisão, morte, doença, separação e abandono;
– Pensionistas do regime não contributivo;
– Número de pessoas do agregado familiar;
– Situações de catástrofe.

OBJECTIVOS
Apoiar as famílias e as pessoas mais carenciadas na satisfação das suas necessidades básicas.

FUNCIONAMENTO
Distribuição mensal de “Géneros Alimentícios“ de acordo com a composição do agregado familiar.

REGIME DA AJUDA
A ajuda alimentar aos mais carenciados, consiste no fornecimento de géneros alimentícios existentes no ? armazém ? do Centro de Apoio Alimentar e na sua distribuição às pessoas mais necessitadas, após a sua transformação e/ou acondicionamento.
Estas receberão os géneros alimentícios gratuitamente, sendo a distribuição efectuada de acordo com um Plano estabelecido pela Segurança Social, com base nos acordos.

ESTRUTURAS
Atendendo a que a fraternidade funciona como um propulsor da solidariedade, para atingir mais facilmente os nossos fins, deveremos organizar-nos ao nível da paróquia de Santa Cruz como Centro de Apoio Alimentar (a filiar nas IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social).

Ao Centro de Apoio Alimentar competirá organizar e coordenar as manifestações de solidariedade e de responder às situações de carência emergentes que ocorrem no seio de famílias e/ou pessoas em situação de pobreza ou exclusão social, na freguesia do Barreiro, em coordenação com as estruturas da Segurança Social e de todas as entidades mobilizadas para a solidariedade.

Neste âmbito deveremos programar as seguintes acções:
– Participação no estudo e avaliação socio-económica dos agregados, de acordo com as orientações da Segurança Social, para selecção das famílias a serem abrangidas pelo Programa Alimentar e efectuar as respectivas listagens;
– Organizar e manter actualizado o ficheiro das famílias incluídas no programa;
– Proceder à recepção dos géneros e providenciar pelo seu armazenamento;
– Elaborar e enviar convocatórias, bem como proceder à distribuição dos géneros alimentares;
– Efectuar controle de stocks e preencher os respectivos mapas;
– Compilar todos os formulários, organizar dossier de todo o processo e proceder à avaliação do programa alimentar na área da freguesia do Barreiro (Paróquia de Santa Cruz).

O projecto de AJUDA ALIMENTAR A CARENCIADOS deverá ter a seguinte estrutura:
a) Centro de Apoio Alimentar;
b) Grupos de Trabalho;
c) Secretariado.

Dos GRUPOS DE TRABALHO
COMPOSIÇÃO
1 – Os Grupos de Trabalho são constituídos no Centro de Apoio Alimentar, e fazem parte da sua composição as pessoas que se disponibilizarem nas igrejas da paróquia (Santa Cruz / ? Nossa Senhora do Rosário ?).
2 – Os Grupos de Trabalho são constituídos para execução de acções concretas, emissão de pareceres, recomendações, propostas e estudos sobre temas considerados de interesse para o desenvolvimento deste projecto.
COMPETÊNCIAS
Os Grupos de Trabalho são espaços de reflexão sobre questões específicas, dinamização de acções concretas e de elaboração de propostas.
FUNCIONAMENTO
1 – A periodicidade de reunião dos Grupos de Trabalho é a seguinte:
a) Reuniões ordinárias – uma vez por mês;
b) Reuniões extraordinárias – sempre que o coordenador do anteprojecto considerar necessário;
c) Em cada reunião dos Grupos de Trabalho é elaborada a lista das pessoas presentes.
2 – Os Grupos de Trabalho devem comunicar ao Centro de Apoio Alimentar os resultados dos seus trabalhos, as conclusões a que chegaram, bem como as actividades que pensam levar a efeito.

Do SECRETARIADO
COMPOSIÇÃO
O Secretariado deverá dispor de recursos humanos e materiais adequados ao desenrolar das actividades previstas e a definir pelo Centro de Apoio Alimentar.
COMPETÊNCIAS
O Secretariado deverá assessorar o Centro de Apoio Alimentar nas componentes técnica e administrativa.
FUNCIONAMENTO
O Secretariado funcionará nas instalações do Centro de Apoio Alimentar.

FINS ESTATUTÁRIOS
– Promover e contribuir para a protecção e apoio aos grupos da população local mais carenciados e desfavorecidos, no que se refere ao apoio em géneros;
– Proporcionar formação específica para o desempenho social;
– Promover Actividades de Apoio à Infância e Juventude.

ACTIVIDADES | VALÊNCIAS
Programa de Apoio Alimentar a Carenciados;
Distribuição de géneros alimentícios;
Distribuição de vestuário;
Apoio diverso à população desfavorecida;
Ateliers artísticos;
Organização de actividades de carácter lúdico e recreativo;
Dinamização de projectos de intervenção comunitária;
Promoção de encontros de formação e reflexão.

PROJECTOS
Ajuda Alimentar a Carenciados;
– Criação do Centro de Apoio Alimentar na Freguesia do Barreiro;
– Criação de um Espaço Artístico.

ÁREAS DE INTERVENÇÃO
RENDIMENTO SOCIAL DE INSERÇÃO:
– Encaminhamento de casos.

OUTRAS ACTIVIDADES:
– Organização do “CABAZ de NATAL”;
– Promoção de passeios e outras actividades lúdicas e recreativas para os idosos e crianças da freguesia;
– Organização de diversas Acções de Formação e Colóquios.

< < < < < < < > > > > > > >

Projecto de Ajuda Alimentar a Carenciados
Entidades que apoiam o projecto:
Banco Alimentar Contra a Fome de Setúbal
Segurança Social – Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados

Padre José João Maria Rogério Mahon [Pároco de Santa Cruz]
Grupo Sócio-Caritativo de Solidariedade da Paróquia de Santa Cruz

Entidades a envolver no projecto:
QUIMIPARQUE – Parques Empresariais, SA
Eng.º Luís Tavares [Membro do Conselho de Administração]
Morada: Parque Empresarial do Barreiro
2831-904 Barreiro

Câmara Municipal do Barreiro
Presidente: Carlos Humberto Carvalho [Câmara Municipal do Barreiro]
Presidente: Hélder da Silva Nobre Madeira [Assembleia Municipal do Barreiro]
Vereadora: ? Regina Janeiro ? [Assuntos Sociais]
Morada: Rua Miguel Bombarda
2830-355 Barreiro

Junta da Freguesia do Barreiro
Presidente: Raul António Nunes Malacão
Morada: Rua José Elias Garcia, N.º 33 – 1.º
2830-349 Barreiro

* * * * * * * *

? Cáritas Diocesana de Setúbal ?
Presidente: Prof. Eugénio José da Cruz Fonseca
Morada: Centro Social S. Francisco Xavier
Praça Teófilo Braga,13
2900-647 Setúbal

Igrejas da Diocese de Setúbal:
Igreja Paroquial de Santa Cruz
Padre José João Maria Rogério Mahon [Pároco]
Morada: Praça de Santa Cruz, 65
2830-323 Barreiro

? Igreja de Nossa Senhora do Rosário ?
Padre José Manuel Pereira de Andrade [Reitor]
Morada: Rua Almirante Reis, 3
2830-326 Barreiro

««««  »»»»

CENTRO DE APOIO ALIMENTAR
Projecto de Ajuda Alimentar a Carenciados

Anteprojecto de AJUDA ALIMENTAR A CARENCIADOS
Autor: João Manuel Gonçalves Martins [Co-coordenador]

Barreiro, 08 de Janeiro de 2006